Próximos lancamentos SALVAT

Confira os próximos lançamentos da coleção Marvel pela editora Salvat.

O Espetacular Homem-Aranha: O nascimento de Venom

O Incrível Hulk: Planeta Hulk - Parte 2

Homem de ferro: O Demônio na Garrafa

Wolverine: O Velho Logan

Thunderbolts: Fé em Monstros


Lista completa aqui!








Continue lendo >>

13 mortes dos quadrinhos Marvel/DC

Quem disse que histórias em quadrinhos só tem ação e aventura? Por mais que este seja o foco da maioria das séries, nem sempre as tramas se resumem na luta "do bem contra o mal", vai muito além disso, contando com um extenso desenvolvimento dos personagens, incluindo diversos momentos dramáticos que mexem com os sentimentos dos heróis e os nossos do Unidade Avançada. Nada mais triste ou assustador que vermos mortes, por mais que nas histórias em quadrinhos sejam muitas vezes reversíveis. Por isso, fizemos uma lista com as 13 mortes mais marcantes do universo Marvel/DC! Começando com...

13 - A morte do Dentes de Sabre - X-men

É verdade que o personagem eventualmente voltou aos quadrinhos, o que não é nenhuma novidade no mundo das HQs, mas sua morte pegou muitos leitores de surpresa. Ela acontece quando Wolverine pede ao Ciclope a Espada Muramasa, uma incrível arma capaz de anular os poderes de cura, o que deixaria Dentes de Sabre vulnerável. Depois de uma extensa e violenta batalha, Wolverine acaba decapitando o vilão e o mata. Pouco depois de sua morte, o professor Xavier diz que o Dentes de Sabre foi a primeira escolha dele para ser um dos X-Men.

12 - A morte do Capitão América - Capitão América

O herói que representa o patriotismo americano morre baleado no joelho direito e no estômago pouco antes de chegar ao tribunal onde responderia por ter violado leis anti terroristas. Steve Rogers chega a ser socorrido e levado as pressas ao hospital, mas morre durante o caminho. Seu último desejo era que Bucky fosse o novo Capitão América, mas numa edição dois anos depois disseram que Rogers não tinha morrido.

11 - Morte de Super Girl (Kara) - Superman

Uma das poucas mortes definitivas dos quadrinhos, Kara era a prima do Superman que morreu em seus braços para salvar ele e o universo durante os eventos da edição "Crise nas Infinitas Terras" de 1985. Depois do reboot da história do Superman, ele ficou sendo o único sobrevivente de Krypton, e portanto a Super Girl nunca existiu.

10 - A morte de Elektra - Demolidor

Facilmente uma das mais brutais cenas de morte dos HQs, a morte de Elektra se dá quando o Mercenário foge da prisão e quer recuperar o posto de assassino de aluguel que foi roubado por Elektra. Depois de enfiar uma adaga no corpo da vilã, ela se arrasta até o apartamento de Matt, seu ex-namorado com quem tem uma relação de amor e ódio, e morre em seus braços. Matt, na forma do herói Demolidor fica revoltado, e luta contra o Mercenário para vingar a morte de sua amada.

09 - Tio Ben - Homem Aranha

Apesar de se tratar de uma das mortes mais conhecidas dos quadrinhos, Ben Parker tem grande importância para o Homem Aranha, sendo o estopim para Peter Parker virar o herói que conhecemos. Ben foi morto a tiros por um bandido comum que Peter tinha deixado escapar anteriormente. É nesse momento que cai a ficha do personagem sobre a importância de seu papel, e finalmente ele entende as palavras de seu tio: "Grandes poderes trazem grandes responsabilidades".

08 - Betty Ross Banner - Hulk

A esposa do Hulk morre depois de libertar seu marido que foi capturado pelo exército americano. No meio do perigoso processo, jogam uma granada nela, e o Hulk salta na frente antes que ela exploda, mas seus estilhaços ferem Betty gravemente. Sabendo disso, o vilão "Abominável" que supostamente já tinha sido derrotado pelo Hulk acaba por fazer uma transfusão de sangue com radiação gama para envenená-la, levando-a a morte.

07 - A morte de Capitão Marvel

O interessante da morte do Capitão Marvel é que ela vai na contramão das mortes "tradicionais" dos personagens. Enquanto outros morrem em batalhas, o Capitão Marvel simplesmente foi vencido pelo câncer que tinha em seu corpo. A ideia era trazer a realidade para os quadrinhos, representando um marco nos quadrinhos.

06 - A morte de Robin (Jason Todd) - Batman

Graças a baixa popularidade da segunda versão do Robin criada pela DC, em 1988 a empresa fez uma pesquisa via telefone (isso mesmo!) perguntando se deviam matar ou não o personagem pelas mãos do Coringa. O resultado foi que queriam mesmo que ele morresse, resultando numa das cenas mais violentas da DC, fato reconhecido pelo próprio Frank Miller. Coringa o espanca com um pé de quebra, e depois explode o armazém onde estava. Para ser ainda mais dramático e macabro, a própria mãe do Jason Todd vê toda a cena, e morre durante a explosão.

05 - A morte de Noturno - X-Men

Sendo uma das poucas mortes das HQs que não há retorno, a partida de Noturno é um dos raros momentos em que Wolverine demonstra algum tipo de sentimento. Sua morte se dá quando a mutante Esperança surge no presente depois de uma viagem no tempo e se depara com o vilão Bastion. Com ela em suas mãos, ele tinha tudo para vencer os mutantes, e aí o Noturno entra em ação para resgatar a menina, mas ao usar seu poder de teletransporte, acaba por se materializar com o braço do Bastion dentro de seu peito. O herói ainda usa suas últimas forças para salvar a Esperança, teletransportando-a para um local seguro.

04 - A morte de Besouro Azul

O Besouro Azul, invadindo uma fortaleza na Suiça depois de investigações de crime contra sua empresa, descobre que a organização Xeque Mate conhecia inúmeras identidades secretas de vários super heróis, além de vigiar todos. Sendo surpreendido pelo chefe da Xeque Mate, Maxwell Lord, este oferece a Ted Kord (alter ego do Besouro Azul) a se aliar a ele. Depois da recusa, Maxwell simplesmente atira na cabeça do herói, e o mata.

03 - Morte do Tocha Humana - Quarteto Fantástico

O quarteto, por algum tempo, virou trio fantástico. Isso se deve ao fato da morte do Tocha Humana, que morreu quando insectóides da zona negativa acessam o portal do Quarteto Fantástico soltando praticamente infinitos monstros. Numa tentativa de evitar mortes e proteger a todos que ama, o Tocha Humana usa toda a sua força para selar o portal e lutar contra os monstros, mas acaba morrendo por eles.

02 - A morte do Homem Aranha - Ultimate Homem Aranha

Na versão Ultimate Homem Aranha, criada no início dos anos 2000 para novos fãs da série, quem morre é o próprio Peter Parker. Quem assume o papel do herói com poderes aracnídeos depois dele é Miles Morales, um hispânico com feições inspiradas no Barack Obama. A ideia da morte de Peter, segundo os escritores da Marvel, seria fazer com que o personagem servisse de "novo Tio Ben" para um novo homem aranha. O fato acontece de forma relativamente simples: depois do embate com o Duende Verde, o Homem Aranha morre nos braços da Mary Jane, sendo um dos momentos mais dramáticos da série.

01- A morte do Superman - Superman

Contada nos quadrinhos "A morte e o retorno de Superman" de 1993, a história conta a batalha entre Superman e o Apocalypse, o único que conseguiu esse feito. O vilão foi feito por cientistas de Krypton, o planeta natal de Clark Kent, e eventualmente parou na Terra, tendo ódio por tudo que é vida. Durante a violenta batalha, o herói e o vilão acabam por desferir seus últimos ataques físicos simultaneamente, resultando na morte de ambos e a cidade de Metropolis devastada. Após esse evento, outros quatro Supermans aparecem para substituir o original, mas eventualmente o original volta.

Perai, não acabou ainda tem a mais F*#@ delas

00 - A morte de Gwen Stacy - Homem Aranha
Considerada uma das mortes mais ousadas dos quadrinhos, Gwen Stacy foi o primeiro grande amor do Peter Parker. Aparecendo durante 8 anos nas histórias (de 1965 a 1973) ela é conhecida até hoje por muitos fãs apesar de não existir (exceto em flashbacks) há mais de quarenta anos nas HQs oficiais. A morte dela se dá quando o Duende Verde a sequestra para chantagear o Peter, levando-a até a Ponte do Brooklyn e simplesmente a joga durante a batalha. O herói consegue segurá-la com suas teias, mas seu pescoço quebra, dando um enorme sentimento de culpa ao Homem Aranha.


E ainda faltou a morte da feiticeira escarlate, e povo que gosta de matar nosso personagens favoritos.o0


Vc lembra de mais alguma morte dos HQs? Comentai

Continue lendo >>

Os Illuminatis [Marvel]


Os Illuminatis é um grupo de líderes de super heróis que se uniram secretamente por trás dos eventos do universo oficial dos HQs da Marvel, aparecendo pela primeira vez na edição 7 dos Novos Vingadores em Julho de 2005. O objetivo era tomar decisões importantes, funcionando como uma espécie de "pano de fundo" para expandir os enredos originais.

A equipe foi formada pela primeira vez logo após os acontecimentos da guerra Kre-Skrull, contada nos quadrinhos 89 a 97 dos Vingadores nos anos 70. Com textos de Brian Michael e arte de Steve McNiven, a história foi explorada em “Novos Vingadores: Illuminati” de Maio de 2006, e logo em seguida veio uma minissérie de cinco edições, finalizando em 2007.

Eles se juntaram para decidir o futuro de Wanda Maximorf, a Feiticeira Escarlate, e também se reuniram com os outros heróis para poder não levantar suspeitas.
Sua última decisão foi mandar Hulk numa missão que, pela lógica, não voltaria mais. Eles fizeram Bruce Baner ir ao espaço para recolocar um satélite em órbita, mas o que aconteceu foi muito mais além e o sumiço do Hulk foi um mistério. Não para ele mesmo, que foi parar num planeta onde tinha que tentar sobreviver a qualquer custo. O que não esperavam era o que iria acontecer com o Hulk e nem o futuro da humanidade, quando os illuminatis mandaram o Hulk para este planeta também foi implantada uma bomba que acabou matando uma alienígena que ele tinha se apaixonado o que culminaria na saga chamada "Hulk contra o Mundo" onde o mesmo declarou guerra contra os membros dos Illuminatis.

O grupo original era composto por:
Professor X (Charles Francis Xavier) - Fundador dos X-Men;
Doutor Estranho (Stephen Strange) - Mago supremo da Terra;
Senhor Fantástico (Reed Richards) - Cientista e líder do Quarteto Fantástico;
Namor (Namor Mackenzie) - Rei da submersa Atlântida;
Homem de Ferro (Tony Stark) - Fundador e líder dos Vingadores.
Raio Negro - Rei e líder da raça Inumana.

O Pantera Negra foi chamado, mas se recusou a participar do grupo argumentando que era impossível controlar toda uma sociedade, mas eventualmente voltou atrás. Capitão América e o Fera do X-men eventualmente aderiram ao grupo secreto.


Os textos de Brian são geniais, impressionando pela escrita misturando tensão e drama de forma inteligente, direta e de fácil entendimento. A arte é outro ponto forte, passando o clima sombrio e caindo muito bem nas angústias dos personagens por tomarem decisões importantes secretamente. O que desaponta na história dos Illuminatis é que muitos eventos importantes não foram explorados, o que dá uma espécie de "falta de continuidade", levando o leitor a perguntar "Mas e quando aconteceu tal evento?".

A verdade é que nada arranha o brilho destas HQs, que fizeram sucesso entre os fãs da Marvel e em breve deve estar voltando as bancas, dessa vez com uma nova formação de líderes. Quem acompanha as HQs da Marvel sabe que um deles morreu, e parece que outros dois membros novos (e surpreendentes) vão incorporar o grupo.

Continue lendo >>

Comentários

Recentes

| Por DB | Unidade Avançada |
| Arquivo | Contato | Política de privacidade | CC | TOPO  


Entertainment Blogs - Blog Top Sites Display Pagerank